30
Dez 07

Faço referência à  obra prima de Cervantes , D. Quixote, mais como homenagem porque julgo que quanto à sua divulgação e apreciação nada tenho a acrescentar.

 

No entanto, deixarei uma nota sobre este fabuloso livro, obra prima da literatura mundial.

 

A leitura de D. Quixote é obrigatória porque para além de ter componentes importantes de um romance: bem escrito, bem estruturado, humor, drama tem uma mensagem que considero de grande valor e imprescindível para os dias de hoje.

 

 

Cervantes, com a criação do duo de sucesso -  D. Quixote e Sancho Pança - duas personagens de formação de carácter antagónica diz-nos como deve ser construído o homem e a sociedade.

 

O homem e a sociedade transportam em si a componente do ideal, social - o ser (D. Quixote) e a componente do material, económica - o ter (Sancho Pança), não há homem nem sociedade que seja despida de social e material, do ser e do ter, por isso Cervantes põe D. Quixote e Sancho Pança a caminhar lado a lado, mas atenção D. Quixote vai sempre um passo à frente. 

 

 

publicado por subterraneodaliberdade às 19:03

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

31


arquivos
2009

2008

2007

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO